INOVA-EM é a entidade com melhor desempenho no serviço de saneamento de águas residuais urbanas em Portugal

 

Também distinguida no abastecimento de água e na gestão de resíduos urbanos

A INOVA-EM acaba de receber o Prémio Excelência em Saneamento de Águas Residuais Urbanas ao Consumidor relativo ao ano de 2017, sendo assim reconhecida como a entidade com melhor desempenho a esse nível em Portugal. Atribuído pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), o prémio destaca a empresa municipal de Cantanhede como a melhor entre as três únicas operadoras do país que cumpriam os requisitos necessários para receberem o Selo de Qualidade do Serviço de Saneamento de Águas Residuais Urbanas.

Dos 14 parâmetros de avaliação a que foi sujeita neste âmbito, a INOVA-EM situou-se no melhor nível de classificação em 10, nomeadamente “a acessibilidade física do serviço através de redes fixas, a acessibilidade económica, a resposta a reclamações e sugestões, a reabilitação de coletores, cobertura dos gastos e cumprimento da licença de descarga, entre outros”.

Por outro lado, a empresa obteve ainda a revalidação do Selo de Qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano, depois de já em abril deste ano ter também sido galardoada com o Selo de Qualidade do Serviço de Gestão de Resíduos Urbanos, vendo assim distinguidas as boas práticas adotadas nas áreas que estão no cerne do seu objeto social.  “Resultado do trabalho de equipa, empenho e do esforço de todos os colaboradores” os prémios representam a concretização dos objetivos de uma entidade que procura afirmar-se como “referência a nível nacional, relativamente aos serviços públicos de abastecimento de água, águas residuais e resíduos urbanos”, contribuindo para que “Cantanhede seja um dos concelhos com melhor qualidade de vida do país”. 

Os mais recentes prémios conquistados pela INOVA-EM foram entregues ao presidente do Conselho de Administração, Idalécio de Oliveira, em 22 de novembro, no decurso de uma cerimónia que decorreu no âmbito da 13.ª Expo Conferência da Água, em Lisboa e que contou com a presença do Ministro do Ambiente e da Transição Energética e do Secretário de Estado do Ambiente. Presentes em representação da empresa estiveram também Nuno Laranjo, administrador, bem como Marco Simão, coordenador dos serviços de águas e saneamento, e Samuel Martinho, técnico da empresa.

Os prémios atribuídos pela ERSAR, no âmbito de uma parceria com o jornal Água&Ambiente, visam identificar, distinguir e divulgar casos portugueses de referência relativos à prestação dos serviços de abastecimento público de água, saneamento de águas residuais urbanas e gestão de resíduos urbanos, avaliada nos termos dos vários ciclos de regulação da entidade reguladora. O júri integrou representantes da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB), Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH), ESGRA - Associação para a Gestão de Resíduos, APEMETA - Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais e DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor.

About the Author

Etiam malesuada velit bibeum donec sit amet orci augue sed tristique amet risus. Mollis malesuada. Quis quis nulla. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia.